Campinas teme recionamanto após nova definição sobre o Cantareira

O Consórcio do PCJ (Piracicaba, Capivari e Jundiaí) já prevê racionamento de água e desemprego na região de Campinas em função das novas vazões de retirada de água do Sistema Cantareira fixadas pelo governos Estadual e Federal para o período de seca.

Pelas regras anunciadas nesta segunda- feira (25/05/2015), as vazões ficaram limitadas a 3 500 litros por segundo de 1º de junho a 30 de novembro. Apesar de ser maior que os 2 500 litrso por segundo atuais, o consórcio diz ser necessário mais de 6 100 litros para a região, com população de 5,5 milhões de pessoas.

Veja a reportagem completa em: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/05/1633556-campinas-teme-racionamento-apos-nova-definicao-sobre-o-cantareira.shtml

Fonte: Folha de São Paulo

 
Home   |   O Laboratório   |   Projetos   |   Colaboradores   |   Publicações   |   Notícias   |   Cursos   |   Contato
UNESP - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"
Campus de Rio Claro
Avenida 24 A,1515, Bairro: Bela Vista,13506-900 - Rio Claro, SP | Fone: (019) 3526-9310 e (019) 3526-9453.
© 2018 - LEBAC - Laborátorio de Estudo de Bacias - CG Propaganda